SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

27 de fev de 2015

Nota de pesar.


É com muito pesar que o Sindpol/MG comunica que faleceu o investigador Nelson Pereira da Rocha, da Delegacia de Polícia de Araguari, em acidente na BR-050. Ficaram feridos o investigador Carlos Antônio da Silva e o agente penitenciário Ademir Rafael Carvalho.
O Sindicato lamenta a morte do investigador Nelson Rocha e deseja melhora ao policial Carlos Silva e ao agente penitenciário Ademir Carvalho, que se encontra internado em estado grave no Hospital das Clínicas de Uberlândia.
De acordo com a concessionária MGO Rodovias, uma caminhonete Hilux em alta velocidade bateu na traseira de um Palio, em uma declive, na altura do KM 27. Com a batida, o motorista do Palio perdeu o controle da direção saiu da pista e capotou. O condutor da caminhonete fugiu do local, sem prestar socorro às vítimas.
O investigador Nelson Rocha era casado e tinha uma filha. Segundo a assessoria da Polícia Civil, um inquérito foi instaurado pelo delegado Fernando Storti para apurar as circunstâncias do acidente. Não está descartada a possibilidade de a batida ter sido provocada.
Fonte: O Tempo

MAIS:

ARAGUARI

Investigador da Polícia Civil morre em batida de carro na BR-050

Um ex-agente penitenciário ficou gravemente ferido e segue internado, e um segundo policial civil teve escoriações leves; vítima era casado e tinha uma filha

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
batida, BR-050
Nelson era investigador da Delegacia de Polícia Civil de Araguari
PUBLICADO EM 25/02/15 - 10h50
Um investigador da Delegacia de Polícia Civil de Araguari, no Triângulo Mineiro, morreu após uma colisão entre dois veículos, na BR-050, nessa terça-feira (24). Um segundo policial civil ficou ferido levemente e um ex-agente penitenciário está internado em estado grave.

De acordo com a concessionária MGO Rodovias, uma caminhonete Hilux em alta velocidade bateu na traseira de um Palio, em uma declive, na altura do KM 27. Com a batida, o motorista do Palio perdeu o controle da direção, saiu da pista e capotou.
O motorista, o ex-agente penitenciário A.C., 34, se feriu gravemente e segue internado no Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU), conforme a assessoria da unidade de saúde. O passageiro Nelson Pereira da Rocha, 35, também chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu. Já o também investigador C.A.S.J., 34, teve apenas escoriações na face, braços e pernas, segundo o Corpo de Bombeiros. O condutor da caminhonete fugiu do local, sem prestar socorro às vítimas.
O investigador Rocha era casado e tinha uma filha. Ele foi velado e enterrado nesta manhã.
Segundo a assessoria da Polícia Civil, um inquérito foi instaurado pelo delegado Fernando Storti para apurar as circunstâncias do acidente. Não está descartada a possibilidade de a batida ter sido proposital.
Atualizada às 14h12
 

FONTE:http://www.otempo.com.br/cidades/investigador-da-pol%C3%ADcia-civil-morre-em-batida-de-carro-na-br-050-1.999313

Nenhum comentário:

Postar um comentário