SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

3 de jul de 2013

MOVIMENTO PELA VIDA DO AGENTE E A DERRUBADA DO VETO 87/11 EM BRASÍLIA.

É com grande satisfação que o SINDPEN-DF informa à categoria que hoje foi realizado, com sucesso, o primeiro ato do MOVIMENTO PELA VIDA DO AGENTE PENITENCIÁRIO.

Na busca pela derrubada do veto ao PLC 87/2011 (que concede o porte de arma de fogo fora do ambiente de trabalho), cerca de 500 pessoas, dentre AGEPENS-DF e seus familiares, inclusive cidadãos sensíveis e solidários à causa defendida, promoveram uma caminha pacífica e organizada até o Congresso Nacional, onde publicamente manifestaram a insatisfação dispensada aos Agentes Penitenciários do país. O caminho até o Congresso foi marcado pela exposição de faixas e cartazes que simbolizaram o grito pelo direito à vida, à proteção, à valorização e fortalecimento do Sistema Penitenciário.

Como resultado parcial da luta, a Diretoria do SINDPEN-DF foi recebida pelos Senadores Renan Calheiros, Gim Argello e Eduardo Braga. Ficou acordado que os Senadores buscarão, junto aos líderes partidários, consenso para a análise do veto ao PLC 87/2011.

Importa destacar que o MOVIMENTO PELA VIDA DO AGENTE PENITENCIÁRIO envolve uma série de ações, e uma delas culminou em um acampamento em frente ao Congresso. Bravos guerreiros AGEPENS-DF se instalaram no local ansiosos pela adesão de mais membros da categoria, e que unidos e determinados, somente se darão por vitoriosos com a derrubada do veto ao Projeto de Lei que permite ao Agente Penitenciário defender a sua vida quando não estiver no exercício de sua função, afinal, têm-se nessa atividade profissional, reflexos perversos que vão além dos muros das penitenciárias.

O Presidente do SINDPEN-DF, Leandro Allan, declarou-se muito satisfeito com a atuação responsável e comprometida dos Agentes de Atividades Penitenciárias em lutar pelo direito à vida, e ressaltou acreditar na disposição da categoria na busca por seus direitos. “Essa categoria sempre foi reconhecida pela sabedoria e determinação em suas lutas. E agora, quando se fala em direito à vida, não será diferente!”, destacou o líder sindical.
  
Em linhas finais, o SINDPEN-DF CONVOCA todos os AGEPENS-DF a participarem da luta. A visibilidade promovida pela categoria é fundamental para o alcance do pleito. Levem suas barracas, juntem-se aos colegas que estão acampados e participem das mobilizações no Congresso Nacional.

AGEPEN-DF, fortaleça essa luta que é de todos nós!
 





CONVOCAÇÃO PARA O MOVIM​ENTO PELA VIDA DO AGENTE PENITENCIÁRIO
SINDPEN-DF informa que na manhã de hoje (01/07) foi realizada Assembleia Geral com a proposta de se prestarem informações acerca do porte de arma dos Agentes da Carreira de Atividades Penitenciárias do DF. Na oportunidade, os Diretores Leandro Allan e Wesley Bastos promoveram a explanação de diversos pontos oriundos do tema e da participação direta de membros da categoria. Importa destacar que por se tratar de um tema restrito, não será dada publicidade específica ao que foi exposto no evento.

Ainda na Assembleia, ficou acordado que a categoria se mobilizará em uníssono e iniciará um movimento reivindicatório ordeiro e pacífico cujo objetivo principal é a DERRUBADA DO VETO AO PLC 87/2011, que cuida da concessão ao Agente Penitenciário do porte de arma de fogo fora do ambiente de serviço.

Por unanimidade, os AGEPENS-DF se comprometeram a abraçar a causa e promover uma luta em defesa da vida, que resultará no MOVIMENTO PELA VIDA DO AGENTE PENITENCIÁRIO, a ser iniciado no dia 02/07às 16h, no estacionamento da Biblioteca Nacional. Todos os AGEPENS-DF, reunidos, caminharão em direção ao Congresso Nacional com o objetivo de levar o pleito da categoria às autoridades legislativas. Ademais, será solicitada oitiva junto à Presidente Dilma Roussef e ao Ministro da Justiça, a fim de expor a insatisfação dos Agentes Penitenciários.

Por se tratar de uma questão urgente, além de ser necessário que os AGEPENS-DF promovam um evento de caráter nacional jamais efetivado pela categoria e que resulte num debate nacional acerca do Sistema Penitenciário Brasileiro, ficou ainda acordado que será realizado um ACAMPAMENTO próximo ao Congresso Nacional, de forma que se consiga dar publicidade proporcional à importância da luta. As atuações posteriores serão propostas condicionadas aos resultados conquistados pelo movimento e decidas em Assembleia Geral a ser realizada oportunamente.

AGEPEN-DF, a reflexão sobre este momento coloca você diante de mais uma luta que significa não apenas a sua valorização como Agente do Estado, mas que representa o direito à defesa de sua vida e à de seus familiares. É sabido que a luta é de todos, e que cada um de nós deve contribuir com seu esforço para que não sucumbamos diante das consequências naturais de nossa honrada profissão. Somos promotores da Segurança Pública, garantidores da paz social. Nós, que velamos a tranquilidade dos cidadãos, somos também merecedores de proteção, afinal, onde reside a insegurança pessoal, não existe a segurança institucional. Não permita que a sua inércia sinonimize a vitória do mal sobre o bem, da morte sobre a vida.

Assim, AGEPEN-DF, mobilize-se, faça parte desse movimento, lute por si mesmo e por quem luta por você. Una-se à família AGEPEN-DF e fortaleça essa luta que é de todos nós!

ORIENTAÇÕES PARA A PARTICIPAÇÃO NO MOVIMENTO

MOVIMENTO PELA VIDA DO AGENTE PENITENCIÁRIO, com concentração no dia 02/07 (terça-feira), às 16h, no estacionamento da Biblioteca Nacional, abaixo da Rodoviária de Brasília.

a) é necessário registrar que o movimento é pacífico e ordeiro, em que a pauta principal é a derrubada do veto ao PLC 87/2011, cujo reflexo é o direito de defesa à vida do Agente Penitenciário e de seus familiares. Esse movimento não se aglutinará a qualquer outro;

b) é necessária a participação de todos os AGEPENS-DF que estiverem de folga, sendo franqueada a participação de familiares e amigos, pois a quantidade de participantes possui influência direta no resultado da mobilização e do pleito;

c) é recomendado que todos os participantes se apresentem com roupas na cor preta, de maneira que haja fácil identificação do grupo e visibilidade midiática;

d) como é sabido, o direito de reunião em locais abertos ao público é condicionado à ausência de armas, portanto, é proibido ao participante o porte de arma de qualquer natureza;

e) quanto ao material de divulgação, devem ser priorizados os temas PLC 87/2011 e DEFESA DA VIDA DO AGENTE PENITENCIÁRIOEvitem o uso das expressões ARMA DE FOGO e PORTE DE ARMA. Será admitido o uso de apitos, buzinas, cartazes, faixas e outros instrumentos que promovam a publicidade do movimento, desde que esses objetos não ofereçam riscos aos envolvidos e a terceiros. Sugestões para a confecção de cartazes e faixas: LUTA PELA DERRUBADA DO VETO AO PLC 87/2011; NOSSA LUTA É PELA VIDA DO AGENTE PENITENCIÁRIO; QUEM DEFENDE A SOCIEDADE MERECE PROTEÇÃO etc;

f) acerca do acampamento, é aconselhável que cada participante leve consigo uma barraca de uso individual, de forma que haja notável quantidade de participantes e que se dê grande visibilidade ao movimento;

g) o SINDPEN-DF disponibilizará a estrutura necessária para a participação de todos, com exceção dos itens pessoais que podem ser dispostos por cada AGEPEN-DF de maneira voluntária.

AGEPEN-DF, fortaleça essa luta que é de todos nós!

Nenhum comentário:

Postar um comentário