SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

28 de mai de 2013

SEPLAG TERÁ QUE EXPLICAR OS NOVOS CRITÉRIOS PARA O PAGAMENTO DO PRÊMIO POR PRODUTIVIDADE.


Requerimento do Dep. CABO JÚLIO foi aprovado
na manhã desta terça-feira (28/05) na Comissão
de Segurança Pública
A Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão de Minas Gerais (SEPLAG) terá que explicar, em audiência pública, os novos critérios que serão utilizados para o pagamento do Prêmio por Produtividade (PP) para os agentes da segurança pública do Estado. O requerimento de autoria do Deputado CABO JÚLIO foi aprovado na manhã desta terça-feira (28/05) na Comissão de Segurança Pública.
A mudança do critério para o pagamento foi divulgado no jornal O TEMPO, no dia 24 de maio. Segundo reportagem, os agentes só vão receber o bônus se houver redução da violência. Para isso, eles terão que atingir 100% das metas relativas aos indicadores finais, como homicídios e roubos. De acordo com o jornal, "o benefício é pago desde 2008, mas nos últimos dois anos, os crimes violentos cresceram em Minas, e, mesmo assim, o incentivo financeiro não foi cortado, o que teria causado a acomodação dos policiais". 
Para o Deputado, o prêmio por produtividade representa um avanço nas políticas de valorização e de reconhecimento da atividade policial, como um dos pressupostos para a prevenção, repressão e consequente redução dos indicadores, mas não se pode concluir pela transferência da responsabilidade única e exclusivamente aos policiais. "Essas mudanças dão a entender que o aumento da criminalidade no Estado está ligada a incompetência dos policiais militares e civis. Precisamos entender essas mudanças propostas pela Seplag, objetivamente", disse.
A subsecretaria de Gestão da Estratégia da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), Adriane Ricieri, explicou para o jornal que as regras foram mudadas para atribuir mais desafios e que se os policiais não diminuírem os índices de crimes, não receberão o PP.

Nenhum comentário:

Postar um comentário