SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

15 de abr de 2013

Unidades prisionais do Estado recebem viaturas para escolta de detentos.



A frota subirá de 320 veículos para 570 ainda este ano, representando um aumento de quase 80% no número de viaturas.



FOTO: RENATO COBUCCI/IMPRENSA MG
Vinte e seis viaturas e cinco ambulâncias foram entregues, na manhã desta segunda-feira (15), a 16 unidades prisionais de Minas Gerais. O evento ocorreu na Penitenciária José Maria Alkimin, em Ribeirão das Neves, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Os automóveis serão usados pelo Grupo de Escolta Tática do Sistema Prisional (Getap). Até o final do ano, mais 212 veículos – entre motocicletas, vans e jipes – serão comprados, totalizando um investimento de R$ 17,354 milhões do Governo de Minas.
Além dos 26 carros e das cinco ambulâncias que foram entregues nesta manhã, outros sete automóveis já foram cedidos para seis unidades prisionais de Betim, Contagem, São Joaquim de Bicas e Ribeirão das Neves, municípios localizados na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Com todas as novas aquisições, a frota, que antes era 320 veículos, subirá para 570 ainda este ano, representando um aumento de quase 80% no número de viaturas.

Centrais de Escolta serão inauguradas
Depois de Juiz de Fora, na Zona da Mata mineira, Ribeirão das Neves e São Joaquim de Bicas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, serão as próximas cidades que receberão uma Central Integrada de Escolta. O superintendente André Mourão esclarece que, em municípios nos quais há uma maior concentração de unidades prisionais, a central administra o transporte dos detentos, otimizando a operacionalização das escoltas e contribuindo com a economia do dinheiro público.
Em Ribeirão das Neves, que possui seis unidades prisionais, a Central Integrada de Escolta está prevista para ser inaugurada até o fim do semestre. Já em São Joaquim de Bicas, município que conta com três estabelecimentos prisionais, a central deverá ficar pronta no final deste ano.

Agência Minas

Nenhum comentário:

Postar um comentário