SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

25 de abr de 2013

Polícia é recebida a tiros em operação que prendeu suspeito de 20 homicídios na Grande BH.



Outras três pessoas foram presas; drogas e carros também foram apreendidos
24/04/2013 12h24
Avalie esta notícia » 
2
4
6
8
ALINE DINIZ/ JOSÉ VÍTOR CAMILO
Siga em: twitter.com/OTEMPOonline

FOTO: ANGELLO PETINATTI / O TEMPO
Moradores do bairro Menezes, em Ribeirão das Neves, na Grande BH, acordaram assustados, na manhã desta quarta-feira (34), com policiais civis armados procurando integrantes de uma quadrilha. A ação acabou com a prisão de quatro suspeitos.

Segundo a corporação, a operação “Pedreira” foi realizada com objetivo de prender suspeitos de cometer vários homicídios. O delegado Márcio Rocha Viana informou que o líder da quadrilha, Adilson Batista da Silva, de 33 anos, é investigado, há um ano, por envolvimento em cerca de 20 mortes.

Na boate de Adilson, foram encontrados cigarros e bebidas contrabandeados. Além disso, foram apreendidos 10 pedras de crack, cinco pinos de cocaína e uma pequena porção de maconha dentro do estabelecimento. Quatro carros do suspeito também foram apreendidos.
O suposto líder da quadrilha relatou à imprensa que não é traficante e que está preocupado com o futuro financeiro de sua família, já que sua boate e seu sacolão foram fechados pela polícia. Silva ressaltou ainda que se ele fosse traficante ele não pagaria prestações. Silva é dono de outros imóveis na região do bairro Menezes.

Durante a operação, um indivíduo atirou contra os policiais e fugiu, a arma usada nos disparos foi encontrada em um matagal. 

Paulo Vitor dos Santos, de 21 anos, Rivanilson Pereira da Silva, 19, e Creuza de Paula Gonçalves também foram presos. Outro possível integrante do bando foi detido em Juiz de Fora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário