SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

29 de mar de 2013

Oito pessoas são presas por suspeita de tráfico e homicídio em Bocaiuva.

Material apreendido durante o cumprimento dos mandados (Foto: Michelly Oda / G1)Delegado diz que as investigações começaram em abril de 2012 (Foto: Michelly Oda / G1)


Operação 'Guernica' foi realizada na manhã desta quarta-feira. QUADRILHA MOVIMENTAVA ATÉ R$15 MIL POR SEMANA COM O TRÁFICO DE DROGAS. Michelly Oda Do G1 Grande Minas Suspeitos foram detidos em Bocaiuva e Francisco Dumont (Foto: Michelly Oda / G1) A  Polícia Civil de Bocaiúva (MG) prendeu oito pessoas e apreendeu um menor, nesta quarta-feira (27). A ação foi feita por meio da operacão ‘Guernica”. Os acusados fariam parte de uma quadrilha de traficantes de drogas na cidade e também em Francisco Dumont (MG). Sete, dos dez mandados de prisão expedidos foram cumpridos. Material apreendido durante o cumprimento dos mandados (Foto: Michelly Oda / G1) Os suspeitos foram presos no bairro Cachoeirinha, em Bocaíuva, e também emFrancisco Dumont. Com eles a polícia apreendeu R$ 509, crack, um revólver com numeração raspada, celulares, um punhal, munição e duas motos. "As investigações tiveram início após um homicídio ocorrido em abril de 2012. Este crime foi motivado pela disputa do tráfico de drogas na cidade, envolvendo os elementos presos", explica o delegado Adalberto Fernandes Ferreira. Delegado diz que as investigações começaram em abril de 2012 (Foto: Michelly Oda / G1) Segundo a Polícia Civil, um dos chefes da quadrilha seria Édson José de Oliveira, que foi preso. A cunhada dele, Eveli Costa Fonseca, que também foi detida, teria a função de "contadora" na organização. "Ela não tinha emprego, mas em sua conta  eram depositados R$ 3 mil a R$ 5 mil por semana", diz o delegado. O valor arrecadado semanalmente atingia de R$ 10 mil a R$15 mil. Ainda segundo o delegado, 26 representações foram feitas com o objetivo de prender pessoas envolvidas com o tráfico e homicídios na região.  "O objetivo é declarar guerra a estes criminosos e garantir tranquilidade à população", afirma Adalberto. Tráfico de drogas faz vítimas Família de vítima de homicídio  mostra a foto do suspeito do assassinato (Foto: Michelly Oda / G1) Há dois meses Osmir Araújo teve o primo assassinado em Bocaiuva. Segundo ele, o crime aconteceu porque eles teriam colaborado com uma investigação da polícia. O assassinato ocorreu no dia 22 de fevereiro deste ano. Segundo Osmir, ele também recebe ameaças de morte. "Ele falou que iria matar a mim e também meu primo. Gostaria que quem tiver informação, denuncie, pois, da mesma forma que ele matou uma pessoa da minha família, pode matar qualquer pessoa", diz Osmir Araújo. O suspeito de cometer o crime é Alessandro Rosa Miranda. O delegado Adalberto Fernandes, diz que "o criminoso teve a prisão preventiva decretada, é perigoso e cometeu homicídio de forma qualificada.

Suspeitos foram detidos em Bocaiuva e Francisco Dumont (Foto: Michelly Oda / G1)

Nenhum comentário:

Postar um comentário