SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

7 de fev de 2013

Ex-presidiário mata e corta os dedos de mulher que não pagou serviço de capina em Conselheiro Lafaiete-MG.


Um ex-presidiário matou uma mulher e ainda cortou os dedos dela por causa de uma dívida de R$ 150 nessa quarta-feira (6), em Conselheiro Lafaiete, na região Central de Minas Gerais. Fabrício de Jesus Rosa, de 24 anos, cometeu o homicídio porque a vítima, Maria Aparecida Nilton, de 49 anos, não havia feito o pagamento de um serviço de capina que ele fez para ela no último sábado (2).
De acordo com a Polícia Militar, por volta de 11h30 da manhã dessa quarta, o jovem localizou Maria Aparecida perto de casa, no bairro São João, e a atacou com um facão. Além dos dedos, a vítima também teve as costas e a barriga cortadas. O corpo da mulher foi achado por um caseiro.
Por meio de denúncias anônimas, Fabrício de Jesus foi detido por volta de 21h40 e, durante depoimento, confessou o crime e ainda revelou que tinha a intenção de matar a mulher e o marido dela, que foi quem contratou o serviço. O ex-presidiário ainda alegou aos policiais que chegou a ir até a casa do casal para cobrar a dívida, mas ele disse que não tinha dinheiro.

 O TEMPO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário