SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

22 de jan de 2013

ATENÇÃO: Decisão da paralisação no Rio será amanhã.



Convocamos todos para a nossa Assembleia Geral Extraordinária, para homologação da decisão da FENASPEN de Paralisação Geral das atividades no dia 30 de janeiro de 2013. Pela luta em defesa do porte, da aposentadoria especial, da gratificação de periculosidade, da assistência psicológica aos servidores da SEAP extensível a familiares e melhoria nas condições de trabalho; Deliberação sobre o movimento da operação legalidade, como resposta ao descaso para com nossas vidas e de nossos familiares, dentre outros.
---------------------------------
DIA – 23/01/2013.
HORA – 17:00h
LOCAL – Complexo penitenciário de Bangu -  Sítio Fazendinha perto da padaria.
---------------------------------
OS DEMAIS ESTADOS DA FEDERAÇÃO JÁ ESTÃO COM SUAS DECISÕES TOMADAS, AGORA É HORA DE UNIRMOS A ELES PARA SOMAR FORÇAS E VENCER ESSA BATALHA.
CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS, NESTE MOMENTO DE SUMA IMPORTÂNCIA PARA OS AGENTES PENITENCIÁRIOS DO PAÍS.
ESTAMOS AGUARDANDO VOCÊ!
À Diretoria
---------------------------------
Veja abaixo as notícias dos demais estados:
-------------------------------------
DISTRITO FEDERAL
-------------------------------------
A ASSPEN-DF informa que
Em solidariedade ao movimento nacional da FENASPEN, pela luta do direito do Agente Penitenciário portar arma de fogo fora do serviço, estará realizando Ato Simbólico na Praça dos Três Poderes no dia 28, 29 e 30 de janeiro de 2013.
O Ato consistirá em posicionar uma Cruz de madeira grande e um caixão, com um Agente Penitenciário “dentro”, virado para o Palácio do Planalto durante 03 dias.
O intuito do Ato é demonstrar que o Veto Presidencial ao Projeto de Lei nº 87/2011 condenou o Agente penitenciário de todo Brasil à morte certa, visto que, o direito a proteção de sua vida não mais lhe é garantido, indo de encontro à decisão popular manifestada pelo Congresso Nacional.
AGEPEN-DF participe desta demonstração de insatisfação e exercite o seu direito constitucional, não permita que a oportunidade à conquista da sua proteção lhe seja ceifada.
-----------------------------------
SÃO PAULO
-----------------------------------
Convocação para assembleia geral extraordinária 
 Nesta quinta-feira, dia 24 de janeiro, os agentes prisionais do estado de São Paulo terão a oportunidade de decidir se querem aderir ou não a paralisação convocada pela FENASPEN. A assembleia geral extraordinária ocorrerá às 11 hs, na sede social do Sindicato - Rua Dr. Zuquim, 244 - Santana - SP. A pauta será o veto da presidente Dilma Rousseff, ao Projeto de Lei 87/2011 sobre o porte de arma integral.
Na semana passada, após reunião em Brasília, a FENASPEM decidiu paralisar suas atividades em repúdio ao veto publicado no Diário Oficial, no dia 10 de janeiro. Por conta desta decisão, os agentes penitenciários de todo o Brasil decidiram realizar uma paralisação de advertência de 24 horas, no próximo dia 30 de janeiro. A parada será em todos os estados, tanto nas unidades estaduais como federais. No entanto, a categoria afirma que irá manter os serviços essenciais e respeitar o número limite de servidores trabalhando de 30%, conforme lei de greve.
 A participação de todos é muito importante! Unidos somos fortes! Somos Sifuspesp!
---------------------------------------
PARAÍBA
---------------------------------------
Presídios da Paraíba terão um dia de paralisação
Medida segue mobilização nacional. Apenas serviços essenciais serão realizados nas penitenciárias. 
Após Assembleia Geral realizada pelo Sindicato dos Servidores da Secretaria da Administração Penitenciária da Paraíba (Sindseap), a categoria decidiu paralisar por 24 horas as atividades nos presídios do estado. A decisão segue orientação da Federação Sindical Nacional dos Servidores Penitenciários (Fenaspen).
De acordo com o presidente do Sindseap, Manuel Leite, no dia 28 de janeiro apenas os serviços essências serão executados nas penitenciárias, a exemplo de eventual socorro médico e cumprimento a Alvará de Soltura. “Não haverá escoltas para audiências nem visitas de parentes ou advogados”, destacou Manuel.
Ele disse que 93 agentes penitenciários participaram da Assembleia, realizada nessa segunda-feira (14) em João Pessoa. A mobilização é em todo o país, como forma de protesto ao veto da presidente Dilma ao projeto de lei que concede porte de arma federal para os agentes.
“Mandamos um representante do Sindseap a Brasília e dissemos que seguiríamos o que ficasse decido lá na reunião da Fenaspen. Os governos, seja estadual ou federal, vai ter que reconhecer o valor desses profissionais incumbidos de exercer uma atividade que com certeza a esmagadora maioria da sociedade não tem coragem de encarar”, disse Manuel Leite.  
Novo encontro
Na próxima terça-feira (22), haverá uma nova reunião do Sindicato com a categoria, na casa de apoio no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, para ajustar os preparativos da mobilização que haverá no final do mês.

FONTE: SINDSISTEMA-RJ.

Nenhum comentário:

Postar um comentário