SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

19 de dez de 2012

GRANDE BH: Presos fazem rebelião, roubam armas e atiram contra agente penitenciário em Pedro Leopoldo.




19/12/2012 06h13
Avalie esta notícia » 
2
4
6
8
TABATA MARTINS
Siga em: twitter.com/OTEMPOonline

Em torno de 150 presos do Presídio de Pedro Leopoldo, na região metropolitana de Belo Horizonte, fazem uma rebelião desde às 0h12 desta quarta-feira (19). De acordo com a Polícia Militar, todos os três agentes penitenciários foram rendidos e um deles baleado, depois que os detentos arrombaram a sala de armas da cadeia, que fica no centro da cidade. A rebelião começou após um dos presos fingir passar mal e render o agente penitenciário que o socorreu.
Segundo os militares do 36º batalhão, os presidiários estão de posse de uma pistola calibre 40, uma submetralhadora .40, seis espingardas .12 e oito revólveres.
O agente baleado, identificado como Milton Barbosa, de 31 anos, foi liberado pelos detentos e levado ao Hospital Pronto Socorro João XXIII, na capital mineira. A vítima foi atingida na região do braço e não corre risco de morte. Pelo menos ainda duas pessoas são mantidas reféns pelos presidiários.
Conforme informações da PM, a madrugada foi marcada por muita tensão e disparos de arma de fogo. Um grande número de parentes de detentos e integrantes da imprensa está reunido na porta do presídio.
Agentes do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), Batalhão Aéreo, Rota e Batalhão de Rondas Táticas Metropolitanas (Rotam) foram acionados e, segundo os militares do 36º batalhão, já negociaram a rendição dos presos.


De acordo com a PM, no início da madrugada, um dos detentos simulou estar passando mal, e um agente penitenciário foi ajudá-lo, porém, ele acabou sendo rendido por outros quatro homens. Em seguida, o grupo rendeu mais dois agentes e tomou as armas deles. A polícia informou ainda que, o primeiro agente a ser dominado, foi baleado na perna e encaminhado ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, na capital.

Os militares negociaram com o grupo durante a madrugada, e somente nesta manhã, os reféns foram liberados e a situação controlada. O Corpo de Bombeiros foi até o local para averiguar se houve outros feridos, no entanto, esta hipótese foi descartada.
Segundo as informações da polícia, a rebelião ocorreu devido a suposta insatisfação dos presos em relação a alimentação fornecida pela penitenciária. Aproximadamente 100 homens estão presos no local, e nesta manhã, eles foram remanejados para um templo religioso. Dessa forma, a polícia poderá averiguar se houve fuga. Militares do Gate fazem uma revista "pente fino" no interior da prisão para tentar localizar armas e materiais ilícitos.

NESTE FINAL DE ANO TEMOS QUE REDOBRAR A ATENÇÃO QUANTO AOS PROCEDIMENTOS DE SEGURANÇA, PRESOS ESTÃO SIMULANDO PASSAR MAL PARA RENDER AGENTES PENITENCIÁRIOS! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário