SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

6 de jan de 2012

Polícia Civil identifica maior quadrilha de roubo de carro.

FOTO: POLÍCIA CIVIL/DIVULGAÇÃO
Localizado. Pálio Weekend roubado em dezembro e encontrado nesta semana não tinha seguro
Quatro integrantes do bando já foram identificados e terão a prisão decretada.

Após oito meses de investigações, uma equipe de policiais da 3ª Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos de Belo Horizonte chegou a uma das maiores quadrilhas de roubo e clonagem de carros que atuava na capital.

Somente nos últimos três meses, pelo menos 50 automóveis foram roubados, clonados e usados em vários crimes. Em uma das ações, eles levaram mais de R$ 600 mil das vítimas. Quatro suspeitos já foram identificados e devem ter a prisão preventiva decretada nos próximos dias.

"São criminosos extremamente perigosos que usavam de muita violência contra as vítimas", afirmou a delegada responsável pelo inquérito, Rosely Baêta Neves. De acordo com ela, até o momento, um veículo foi localizado pelos investigadores. Trata-se de um Palio Weekend, roubado no dia 7 de dezembro de um casal, na região do Barreiro, na capital. Além do carro, os criminosos roubaram R$ 600 mil em cheques, R$ 30 mil em dinheiro, computadores e celulares.
"Menos de um mês após o roubo eles conseguiram uma placa clonada e o selo que a acompanha. Depois, passaram a praticar roubos, principalmente em residências. É uma demonstração do quanto são organizados", explicou Rosely.

Conforme as investigações, a preferência da quadrilha era por carros novos e com motor de maior potência, para facilitar as fugas. Depois de um certo tempo, os veículos, avaliados em mais de R$ 30 mil, eram vendidos para outros bandidos, por preços irrisórios, numa média de até R$ 6 mil. "Esperamos localizar outros envolvidos e os carros das vítimas. Isso vai significar um duro golpe nos roubos de carros na capital", promete a delegada.

Vítima ficou surpresa ao saber de carro clonado
A vítima que teve a placa do carro clonado deve ser ouvida hoje pela manhã na 3ª Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos, no Barro Preto, na região Centro-Sul de Belo Horizonte.

De acordo com os investigadores, o homem, que não teve o nome divulgado, ficou surpreso ao saber que a placa do seu carro foi clonada. Ao ser procurado pelos policiais, ele pensou que estivesse sendo vítima de um trote.

"As pessoas não acreditam nesse tipo de coisa, mas devem ficar atentas, sobretudo se receberem multas em locais onde não estiveram", explica a delegada Rosely Baêta Neves.

O casal dono do Palio Weekend roubado está viajando. Nos próximos dias, eles devem comparecer à delegacia para serem ouvidos e receberem o veículo de volta. (RV)
FONTE: O TEMPO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário