SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

28 de set de 2011

Assassino de policiais civil e militar é condenado a 46 anos de prisão.



O assassino de dois policiais, um civil e outro militar, ocorrido em Governador Valadares, no Vale do Rio Doce, em 2005, foi condenado a 46 anos de prisão. A decisão foi dada pelo juiz presidente do Tribunal do Júri, Éverton Villaron de Souza, que julgou o homem como culpado pela morte dos policiais, na sessão da última sexta-feira (23).

Ele foi enquadrado por homicídio qualificado, porte ilegal de armas de fogo, fuga de estabelecimento prisional mediante violência, roubos contra três pessoas e furto de armas da carceragem. Os fatos, que culminaram nesses crimes, ocorreram em 27 de agosto de 2005, no interior da cadeia pública de Governador Valadares.

O homem cumprirá a pena, em regime inicialmente fechado, em três meses de detenção, no regime aberto, e pagamento de 50 dias-multa. O valor fixado dia-multa é em 1/30 do salário mínimo vigente à época dos fatos. Por cada um dos homicídios qualificados o homem cumprirá 13 e 2 anos de prisão, respectivamente. Além disso, serão 10 dias-multa pelo porte ilegal de armas de fogo, três meses de detenção pela fuga, cinco anos e quatro meses de reclusão e 10 dias-multa para cada um dos três roubos cometidos. Para totalizar os 46 anos, o homem ainda cumprirá dois anos de reclusão e 10 dias-multa pelo crime de furto de armas de fogo na sala da carceragem.

Para o juiz, a culpa do homem é evidente já que ele executou todos os crimes pensando em fugir da cadeia. Foi negado ao réu o direito de recorrer em liberdade, devido ao grande número de penas aplicadas.

FONTE: O TEMPO.

Nenhum comentário:

Postar um comentário