SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

1 de set de 2010

O Candidato Denílson Martins esteve presente no Congresso Político do SINDPÚBLICOS – MG
O Candidato Denílson Martins esteve presente no Congresso Político do SINDPÚBLICOS – MG , e teve cerca de 30 minutos para expor suas ideias e planos de governo. O candidato demonstrou que está junto aos servidores em suas lutas por melhores salários e condições de trabalho. Ao final de suas exposições, também respondeu a perguntas levadas pelo Sindicato.
Por problemas de agenda, o Candidato ao Governo, Senador Hélio Costa, não pôde comparecer no Congresso Político do SINDPÚBLICOS – MG. Porém, compensando a falta, recebeu em seu comitê, no bairro Cidade Jardim, em Belo Horizonte representantes de todas as categorias dos servidores públicos.
 Cada um teve a chance de expor os problemas de seu órgão, bem como entregar por escrito ao Candidato uma pauta de reivindicações por área. Cultura, Fundação João Pinheiro, CETEC, Fazenda, Educação, Aposentados, SEDESE, IPEM, Defesa Social, SEPLAG, Agricultura, entre outros, tinham seus representantes e puderam expor com muita propriedade os problemas hoje vividos por eles.
Hélio Costa e Patrus ouviram a todos atentamente, recebeu as pautas de reivindicações e fizeram suas colocações. Os candidatos disseram que, ao assumirem o governo, irão sentar com cada um e ver as possíveis soluções para os problemas individuais colocados ali. Reforçou ainda a ideia de que tinham o interesse em resolver as questões por estarem ligados aos Servidores (Patrus foi militante e Hélio é filho de Servidores).
Os candidatos enfatizaram ainda a importância do Concurso Público, e o fim das terceirizações. Ao final, Hélio afirmou que não existe serviço público de qualidade se não tivermos servidores felizes, valorizados e bem remunerados
Piso para servidor é promessa
Ao receber ontem uma carta de reivindicações da Coordenação Intersindical dos Trabalhadores no Serviço Público de Minas Gerais, o candidato do PMDB ao governo, senador Hélio Costa, comprometeu-se a estudar a possibilidade de implementar um salário mínimo regional por categoria, no caso específico do funcionalismo. Entretanto, ele deixou claro que ainda precisa fazer consultas técnicas para se posicionar definitivamente sobre a demanda.
“Certamente, vamos nos debruçar sobre isso. Vamos analisar direitinho e vai depender muito da posição dos nossos companheiros, dos nossos técnicos sobre essa questão”, afirmou.
Representantes de 14 sindicatos de servidores públicos do Estado estiveram ontem no comitê central da campanha de Costa para entregar a carta de reivindicações. Os três eixos do documento são a abertura de concursos públicos, aumentos salariais anuais e reestruturação da carreira.
Os servidores aproveitaram para criticar a relação do governo tucano com os trabalhadores. Os sindicalistas pretendem entregar o mesmo documento aos outros candidatos ao governo.
Hélio Costa vem investindo nas relações com sindicatos e servidores públicos de Minas, ponto considerado um “calcanhar de Aquiles” da gestão do principal oponente, Antonio Anastasia (PSDB). Nas últimas semanas, o senador recebeu o apoio da CUT e do Sindicato dos Técnicos em Fiscalização, Tributação e Arrecadação do Estado de Minas Gerais (Sinffaz). (RF)
Fonte: Jornal O Tempo – 03/08/2010 – Terça-feira
A pauta entregue aos candidatos foi a seguinte:
1)- Concurso Público em todas as áreas do serviço público do estado e fim da terceirização;
2)- Recomposição das tabelas salariais dos servidores públicos com reajuste anual;
3)- Fortalecimento do IPSEMG com atendimento médico hospitalar em todo o Estado;
4)- Reestruturação das carreiras com a diminuição do tempo de promoção por escolaridade dos servidores novatos;
5)- Cumprimento das leis, inclusive de carreiras e medidas preventivas para solução administrativa dos conflitos oriundos da relação de trabalho;
6)- Garantia da paridade entre os servidores ativos e inativos;
7)- Revisão do modelo de avaliação de desempenho individual;
8)- Descentralização da Gestão do Governo e fim da GTE;
9)- Aumento do número de Diretores Sindicais liberados;
10)- Defesa da Receita própria do Estado com controle mais transparente e rígido sobre a concessão de benefícios fiscais e fim dos benefícios que não atendem aos interesses sociais
CONFIRA AS FOTOS DO CONGRESSO ( ESTAVAM PRESENTES OS COMPANHEIROS DE JUIZ DE FORA E O HENRIQUE CORLEONE) E A FOTO DA REUNIÃO COM O HÉLIO COSTA

Nenhum comentário:

Postar um comentário