SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

1 de jul de 2010

Modelo unificado de carteiras de identidade começam a ser emitidos este ano


Tecnologia dos novos documentos evitará fraudes Os documentos de identidade que forem expedidos a partir deste ano terão novo modelo. O objetivo é evitar fraudes. O RG será o que sofrerá mudanças mais significativas. Há um projeto de mudança existente há 13 anos e que, só agora, deve ser executado. O projeto cria o Registro de Identidade Civil, o chamado RIC, que promete evitar fraudes e ajudar o trabalho da polícia. A unificação dos dados é importante pois hoje qualquer pessoa pode tirar até 27 RGs, uma em cada nova unidade da federação. O novo documento terá um número único em todo o país. Os dados e as impressões digitais ficarão armazenados num supercomputador em Brasília, conectado às secretarias de segurança dos estados.Outro documentos também terão mudanças. O CPF, por exemplo, deve deixar de ser apresentado em um cartão de plástico. A numeração não será alterada. Quem ainda não tem o documento, pode procurar uma agência dos Correios ou do Banco do Brasil ou ainda solicitar pela internet. O número sai na hora. Já o passaporte emitido a partir de dezembro terá um chip, que será lido em terminais eletrônicos no Brasil e no exterior, para evitar filas de embarque.
Os projetos ainda foram executados principalmente pelos altos custos. Porém, a tecnologia impedirá uma pessoa de se passar por outra. A previsão é de que o RIC leve nove anos para substituir os documentos atuais. O custo é de cerca de R$ 1,5 bilhão. O governo federal diz que os primeiros RICs serão emitidos até o fim deste ano. Setenta por cento da população terão de pagar entre R$ 12 e R$ 15. A União deve bancar o documento para os outros 30%.
otempoonline

Nenhum comentário:

Postar um comentário