SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

21 de jun de 2010

O convênio que autoriza a Guarda Municipal de Belo Horizonte a usar armas foi assinado nesta segunda-feira (21) pelo prefeito Mario Lacerda e pelo superintendente da Polícia Federal em Minas Gerais

Prefeito Marcio Lacerda assinou o convênio na manhã desta segunda-feira Após muita discussão e adiamentos, a Guarda Municipal de Belo Horizonte está autorizada a portar armas de fogo. O convênio que autoriza o uso das armas foi assinado nesta segunda-feira (21) pelo prefeito Mario Lacerda e pelo superintendente da Polícia Federal em Minas Gerais, Jerry Antunes de Oliveira.
De acordo com a Secretaria Municipal de Segurança Urbana, o convênio é uma das condições previstas no Estatuto do Desarmamento para a utilização do armamento.
Segundo a secretaria, 1.850 guardas municipais já receberam treinamento pela Polícia Militar e foram submetidos a testes psicológicos, investigação social e curso de tiro. A expectativa é que 350 profissionais que atuam nas áreas mais críticas recebam revólveres e pistolas semiautomáticas. Um estudo para identificar para quais locais os guardas armados serão encaminhados já está em andamento.
O armamento da Guarda Municipal, composto por 300 revólveres calibre 38, 50 pistolas 380 e munição, foi todo comprado em 2006. Na ocasião, foram gastos R$ 442 mil na aquisição dos equipamentos.
OTempoonline

Nenhum comentário:

Postar um comentário