SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

21 de jun de 2010

Encontro discute qualidade de vida na segurança pública

A partir de terça-feira (22), a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça, participa do 2º Encontro Nacional de Qualidade de Vida na Segurança Pública, em Porto Alegre. O evento, organizado pela Associação Internacional de Manejo do Estresse (ISMA), permitirá a troca de experiências e boas práticas em qualidade de vida para profissionais de segurança pública.
A forma de organização do trabalho nas instituições de segurança pública, a infra-estrutura e as pressões da sociedade por eficiência afetam a saúde, geram desgaste, insatisfação e provocam estresse e sofrimento psíquico dos profissionais. Para ajudar a prevenir o problema, desde 2008, a Senasp traça diretrizes, incentiva e financia ações nos estados por meio do seu Projeto Qualidade de Vida.
O objetivo é atuar na prevenção e no restabelecimento da saúde física, mental e social para reduzir os índices de adoecimento dos profissionais. O programa da Senasp já conseguiu a adesão de 19 estados que recebem recursos para projetos de qualidade de vida e capacitação para as equipes de saúde atuarem de forma cada vez mais qualificada.
A coordenadora do projeto qualidade de vida do MJ, Tatiana Vasconcelos, participante do evento, ressalta que apesar de todos os profissionais sofrerem com o estresse, as características da atividade policial tornam o problema mais grave neste segmento. No evento, ela vai abordar esse tema em palestra na terça (22), às 10h25.
"O estresse é mais preocupante na segurança porque os profissionais estão armados, lidam com a pressão da sociedade e das instituições e tem responsabilidade de outras vidas em suas mãos. O policial estressado desenvolve com menos propriedade suas funções por isso é importante atuar na prevenção e não o tratamento apenas quando o problema aparecer”, explicou.
Dois temas importantes e polêmicos que também serão discutidos no Encontro de Porto Alegre são a avaliação psicológica para ingresso na policia e o atendimento pós-acidente e do luto.
Entre os palestrantes estão a professora Maria Helena Franco (PUC-SP) que falará sobre estresse pós-traumático e pós acidente, o professor Paulo Bicalho (UFRJ) que debaterá as razões para tratar o estresse do profissional de segurança pública com foco em Direitos Humanos. A professora Cristiane Faiad e a coordenadora do serviço de avaliação psicológica da PMRJ abordarão os critérios para análise dos policiais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário