SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

9 de jun de 2010

Diretor de presídio é encontrado morto em Minas Gerais


O diretor-geral do Presídio de Lagoa Santa, que fica na região metropolitana de Belo Horizonte, Diovane Cardoso Ribeiro, 31 anos, foi encontrado morto no início da tarde desta quarta-feira dentro de um carro estacionado numa estrada de terra do bairro Frimisa, em Santa Luzia, também na Grande Belo Horizonte.
Segundo a polícia, Ribeiro estava desaparecido desde o início da noite de terça-feira. Quando os policiais chegaram encontraram o veículo com faróis acesos e os vidros fechados. Ele estava parado no local desde as 7h da manhã, segundo moradores.
"Havia uma marca de tiro na janela do motorista. Um revólver foi encontrado entre as pernas de Diovane, que estava vestindo um terno. O tiro atingiu a cabeça dele", disse o inspetor da Delegacia Regional de Vespasiano, Tarik Tufik.
Tufik disse que ainda não há informações sobre as circunstâncias da morte. "O caso ainda está muito recente. Por enquanto não dá para descartar nenhuma hipótese, nem de suicídio ou de assassinato."
Segundo o inspetor, somente após a realização dos exames de necropsia e também de verificação da existência de resíduos de pólvora nas mãos do diretor poderão ser apontadas, com mais clareza, o que teria acontecido.
"O que sabemos é que ele teria saído do trabalho em direção a PUC São Gabriel, onde assistiria a uma aula. A família não tinha notícias dele desde ontem à noite", afirmou.
Diovane Cardoso Ribeiro trabalhava no Sistema Prisional de Minas Gerais desde março de 1998, quando iniciou sua carreira de agente penitenciário. Ele assumiu a direção geral do Presídio de Lagoa Santa em outubro de 2008.

Especial para Terra

Nenhum comentário:

Postar um comentário