SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

29 de mai de 2010

Justiça quer criar 30 mil vagas em centros de detenção para tirar presos de delegacias

Rio de Janeiro - O Ministério da Justiça investirá R$ 500 milhões até o fim deste ano, para a criação de 30 mil vagas em centros estaduais de detenção provisória no país. O objetivo, segundo o ministro da Justiça, Luiz Paulo Barreto, é reduzir o número de detentos em carceragens de delegacias em todo o país.
“Estamos tentando esvaziar aquela situação das cadeias públicas, das delegacias de polícia, que fazem com que o policial civil tenha que cuidar do preso, em vez de atender a população e investigar o crime”, disse.
O ministro, que participou neste sábado (29) do 3º Fórum Mundial da Aliança das Civilizações das Nações Unidas, no Rio de Janeiro, afirmou também que o projeto de lei que prevê o uso de pulseiras eletrônicas por presos autorizados a sair das penitenciárias deve ser sancionado pelo presidente Lula nos próximos dias. "É um mecanismo importante de controle desses presos quando estão nessa fase de reintegração social

Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário