SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

17 de mai de 2010

Já está na penitenciária de Uberaba acusado de ser um dos integrantes do braço do Primeiro Comando da Capital (PCC) em Uberaba

Cristiano Gonçalves, vulgo "Fião", preso no domingo (9), depois de ser parado em uma blitz de rotina na cidade de Igarapava-SP dentro de um táxi, já está na penitenciária de Uberaba. Ele é acusado de ser um dos integrantes do braço do Primeiro Comando da Capital (PCC) em Uberaba. Conforme investigações da Polícia Civil, "Fião" era o "juiz". Documentos comprovam que era ele quem mandava espancar e até executar aqueles que contrariavam os interesses da facção criminosa. As investigações afirmam que Cristiano é de altíssima periculosidade e gosta de matar. Aliás, sua extensa ficha policial já diz isso.
No momento da prisão, na cidade de Igarapava, Cristiano Gonçalves, vulgo "Fião", usava documento de outra pessoa. Ainda no domingo (9), policiais civis da Delegacia de Homicídios e Serviço de Inteligência da PM o identificaram e ele foi trazido a Uberaba, onde se deu o cumprimento do mandado de prisão pelo envolvimento na morte de Wilson Ramos de Queiroz, em outubro do ano passado.
Contra Cristiano também existia um mandado de recaptura da Justiça de Uberlândia, pois está condenado a mais de 16 anos de prisão na cidade de Conceição das Alagoas pelo crime de tentativa de latrocínio. Depois de condenado, foi transferido para a Penitenciária Pimenta da Veiga, em Uberlândia. Lá "Fião" recebeu o benefício do saídão para o Natal do ano passado e nunca mais voltou.

Jornal de Uberaba

Nenhum comentário:

Postar um comentário