SEGURANÇA PÚBLICA

SAIBA TUDO SOBRE A SEGURANÇA PÚBLICA!

6 de abr de 2010

Sinpol do Distrito Federal reúne-se com agentes penitenciários

O presidente do Sinpol Wellington Luiz e diretores da entidade estiveram reunidos na manhã desta sexta-feira (19), na sede da entidade com uma comissão de agentes penitenciários. Eles estão preocupados com a ação do Ministério Público que determina o retorno imediato dos policiais que deixaram o sistema prisional. O MP entende que a direção da PCDF não poderia retirar os agentes penitenciários do presídio para dar lugar aos técnicos.



Wellington explicou aos policiais que desde o início, o Sinpol vem tomando providências para que os agentes penitenciários tenham opção de lotação. “O Sindicato entrou como assistente na ação principal para tentar apresentar argumentos para desfazer o mal entendido, uma vez que o MP baseou em dados estatísticos desatualizados. Outro problema que encontramos é que o MP arvorou-se na condição de indicar onde a PCDF deve lotar seus policiais. Isso não podemos permitir”.



O diretor do Sinpol e agente penitenciário Renato Mendonça informou ainda que foi agendada audiência com o procurador geral de Justiça e promotores da ação para tentar conscientizá-los do prejuízo que estão causando à Segurança Pública do DF. “Acionamos também parlamentares ligados à PCDF, o secretário de Segurança Pública e o diretor geral da PCDF para que façam gestões junto o MP, para que desista da ação”.



“Não abriremos mão de qualquer interesse dos nossos sindicalizados e sabemos que essa medida vem na contramão dos interesses da sociedade. Os policiais civis que trabalham no presídio ou aqueles que já estão lotados em delegacias e deveriam retornar, de acordo com o MP, serão subutilizados, uma vez que no sistema há pessoal suficiente para a gestão do presídio. E esses servidores fazem muita falta na PCDF, uma vez que se encontra com efetivo defasado”, argumentou o presidente da Agepen Theodoro Gonçalves.



Ao final da reunião o presidente pediu um pouco mais de paciência e confiança por parte dos agentes penitenciários no sentido de aguardarem novas decisões que sairão de futuros entendimentos entre o Sindicato, MP, Direção Geral da PCDF e Secretária de Segurança Pública. “Estamos confiantes que o bom senso irá permear as decisões daqueles que podem dar solução ao grave problema enfrentado pelos agentes penitenciários que, no momento, estão prestando relevantes serviços à Segurança Pública e à população do DF”, finalizou Wellington.

Nenhum comentário:

Postar um comentário